segunda-feira, junho 15, 2015

Corrida Santa Eulália
 

Apanhando me completamente desprevenido o António pediu me para escrever a crónica da corrida, tarde na castiça praça de Santa Eulália e repleta de emoções.
Foi dia 7 de Junho que nos deslocámos a Santa Eulália para presenciar os 120 anos daquela castiça praça e mais uma atuação do nosso grupo.
Corrida composta por algumas das mais prestigiadas figuras portuguesas do toureio a cavalo, por três grupos de forcados, sendo eles Évora, Académicos de Elvas e Monsaraz e por um quanto a mim pequenino e um furo a baixo do que este aniversario merecia curro de touros de Santa Maria.Corrida agradável por parte dos cavaleiros e limpa por parte dos forcados.

Pelo nosso grupo a tarde foi grande.
Tarde para oportunidade a malta mais nova, que no meu entender aproveitou bem tanto a pegar como a ajudar. No primeiro da tarde foi cara Afonso Mata, num brinde com sentimento a Gonçalo Pires, executou uma bonita pega a primeira tentativa bem ajudado pelo grupo. Parabéns e a manteres essa calma e bem com os touros bastantes oportunidades vais ter com certeza.
Para o quarto da tarde vem para mim o mais bonito da tarde. Uma grande pega de cernelha de Gonçalo Pires e Manuel Rovisco, brindada ao céu, a tia Isabel e a Margarida Caldeira Pires. Grande muito grande pela carrada emocional que levou e notou-se na entrada que o Árabe fez a este toiro. Numa tarde bonita, com aqueles brindes e com as peripécias que a vida te tem dado, nada melhor do que ver a decisão e garra que entraste àquele toiro. Que bonita homenagem que fizeste ao teu Pai de certeza que está lá em cima cheio de orgulho. Muitos parabéns, são nestes momentos que me encho de orgulho de ter amigos como tu e pertencer a esta grande família que é o nosso grupo.
Que o resto da época corra do melhor e que nos encham de boas e grandes atuações.
Pelo grupo de Évora

Venha vinho

Venha vinho

Venha vinho

Forte abraço
Vasco Costa

quarta-feira, maio 27, 2015

Concurso Ganadarias de Évora
 
56º Concurso de Ganadarias de Évora

Mais um ano para assistirmos ao mais prestigiado e carismático Concurso de Ganadarias do panorama taurino nacional, na nossa querida Praça de Évora.
Este ano, uma corrida para os verdadeiros aficionados, pois os restantes optaram por assistir ao futebol, preenchendo os verdadeiros cerca de um pouco mais de metade da lotação da praça.

O cartel era composto pelos Exmos. Srs. António Ribeiro Telles, Vítor Ribeiro e João Moura Jr. e pelos prestigiados Grupos de Forcados de Montemor e Évora.
Os touros a concurso pertenceram às Ganadarias David Ribeiro Telles, Branco Núncio, Murteira Grave, Passanha, São Torcato e Irmãos Carreira.

Devido a uma alteração no regulamento de espetáculos taurinos, nesta edição do concurso, a ordem de saída dos touros foi sorteada, desconsiderando-se a antiguidade de cada ganadaria, conforme habitualmente acontece.

Assim, ao nosso Grupo calharam em sorte os exemplares de David Ribeiro Telles, Murteira Grave e Passanha.

Para a nossa primeira pega, foi escolhido o forcado João Madeira, que pegou à segunda tentativa, depois de na primeira ter escorregado no momento da reunião, impossibilitando-o de se fechar. À segunda tudo pareceu fácil e todo o grupo se empenhou em demonstrar que estávamos ali para triunfar, com excelente prestação de todos os ajudas e forcado da cara.

Para a segunda pega do Grupo, em boa hora foi para a cara do "Grave", o forcado Francisco Oliveira. Um forcado da nova geração, que demonstrou conhecimento do que estava a fazer, desde o saltar a trincheira, passando pelo cite e terminando na forma como se agarrou, para não mais saír. Voluntariosa primeira ajuda do Duarte Tirapicos, seguida pelos restantes elementos que fecharam pronta e eficazmente.

A última pega foi efectuada pelo forcado Ricardo Sousa, que demonstrou uma vez mais porque é um forcado de cara de topo, do nosso Grupo, ao qual agradeço o brinde que me dirigiu. Com o seu cite característico e a sua forma de andar em praça, aguentou a velocidade e poder do Passanha e com a sua garra brigou-se para ficar. Excelente primeira ajuda do José Maria Menéres e boa intervenção de todos os ajudas a um touro que vinha a empurar.

Pelo Grupo de Montemor, pegaram os forcados Francisco Borges, João da Câmara e João Romão Tavares, aos quais felicito pela actuação, nomeadamente ao Chico pelo seu regresso após lesão.

Nas lides a cavalo destacou-se o cavaleiro João Moura Jr., andando em bom plano o António Ribeiro Telles e Vítor Ribeiro.

Despeço-me com Amizade, com uma palavra de agradecimento a todo o Grupo, por me terem dado a honra de receber o Grupo na minha casa e pela redação destas linhas sobre a corrida. Desejo a maior sorte para toda época!

PELO GRUPO DE ÉVORA,

VENHA VINHO!

Ricardo Casas-Novas

terça-feira, abril 14, 2015

6ºTreino época 2015 dia 11/04/2015
Ferra Monte do Zambujal

 
 

terça-feira, março 31, 2015

5ºTreino época 2015 dia 28/03/2015
Ganadaria Calejo Pires
 
 
 
4ºTreino época 2015 dia 21/03/2015
Lusitaurus